Ranger os dentes. Riscar o giz com força no quadro negro. Passar o garfo no fundo da panela. Coçar a garganta com a própria garganta. Arranhar a parede fortemente com as unhas… As agonias são imensas. Por que sentimos tanta repugnância com estes fatos simples do cotidiano?

Existem pessoas que chegam a chorar se alguém esfregar dois pedaços de isopor continuamente. Isso é algo sério. Nós não nascemos para os dissabores. O prazer é melhor. Prazeroso. Água na boca é o bem-estar do próprio prazer. Júbilo!

As desgraças, ora, são engraçadas. A queda do descuidado. A gafe do boçal. As cacetadas do Faustão e a prisão do José Dirceu quebram nossos dentes de alegria. Gargalhamos como os burricos. As maritacas silenciam para que gritemos escandalosamente dos fatos. Risos. Nada de languidez.

Depois de ser condenado a 10 anos e 10 meses de prisão por “chefiar” o mensalão, José Dirceu se prepara para ser preso. De novo. No passado, sua militância em prol daqueles enfadonhos ideais estudantis o levou para a cadeia. Bravura? Honra? Luta? Tudo isso sem consternação e vivaz? Sim, ou talvez. Mas veja só. O PT chegou ao topo. Os cargos chegaram aos montes. O dinheiro entrou de supetão. E muito dinheiro.

Ganhar é melhor. Ter dá prazer. Mandar alivia as tensões. Perpetuar a espécie também. Só lembrando que as espécies se reproduzem de forma casual, dupla, na eterna dualidade da vida. Dirceu quis mais. Coordenou um esquema infalível de propagação celular, monetária, partidária, hilária…

Anos 60 anos, depois de rodar por todo o tipo de estradas, o pobre e lutador Dirceu vai ser preso de novo. Dessa vez por roubar. Ora, ora, ora! O jovem que lutava contra o rei da cocada preta virou a própria cocada. Um novo Rony Cócegas? Nada, só as cócegas pra gente rir.

Claro, as coisas importantes, que nos deveriam causar apertos, preocupações, insatisfações passam por aí e acenam para o vento. Porque roubar milhões do nosso bolso é engraçado. Ser preso por isso é o fim da picada. Ou da piada.

Ouvi dizer que o Dirceu pediu uma TV de Led na cadeia. Nada mais justo. Nós trabalharemos diariamente para manter as regalias dos corruptos. Que legal que ele foi visto na praia. A partir do ano que vem, banho de sol só uma vez por semana.

Afastar alguém do convívio social é uma forma fajuta de sanar erros irreparáveis. Com o sistema penitenciário falido, o Brasil recruta bandidos para uma formação continuada. Nossas cadeias são mestrados para bacharéis larápios. Se o José Dirceu já tem toda uma formação acadêmica, depois de cumprir um sexto da pena (é o que se espera), onde irá lecionar sua arte maquiavélica de politicagens, agora mais aprofundada? Talvez na USP, com tanto que ele ministre as aulas com coletes à prova de balas. Os alunos também podem usar.

E eu que achava tudo isso engraçado, agora me pergunto: Rir das causas perdidas ou agonizar pelo ranger de dentes? Alguém rangeu aí? Pare pelo amor de Deus!!!

 

Siga-me nas redes sociais!

Twitter @DiegoSchaun

Facebook facebook.com/DiegoSchaun