Terra Magazine

 

Sexta, 24 de agosto de 2007, 15h45

Hackers anunciam desbloqueio do iPhone

Daniel Bramatti

Desde que o iPhone foi lançado, no final de junho, hackers de todo o mundo vêm tentando quebrar o código que restringe seu funcionamento à rede de celulares da AT&T - e aos Estados Unidos. Há algumas horas, um grupo anunciou ter obtido sucesso na empreitada.

A notícia foi dada em primeira mão pelo blog Engadget, às 13h (horário do Brasil). Graças a um software ainda secreto, o aparelho da Apple que combina celular, toca-MP3, agenda e navegador de internet está desbloqueado, livre das amarras da AT&T. Em tese, pode funcionar na rede de qualquer operadora de celular do Brasil e do mundo.

Mas os descobridores do truque querem ganhar dinheiro com ele - neste momento, estão vendendo licenças de seu software no site www.iphonesimfree.com. O pedido mínimo é de 500 licenças, e o preço ainda é um mistério.

O Engadget afirma ter "100% de certeza" de que o software desbloqueia o iPhone. Os hackers sustentam que sua solução resiste até a uma eventual mudança do software do aparelho - a Apple atualiza o programa de tempos em tempos.

No início do mês, outro hacker anunciou uma fórmula para o possível desbloqueio, mas o feito exigia o uso de um cartão SIM (o "chip" dos celulares") virgem e um aparelho para gravar dados nele. Agora, porém, o método é inteiramente baseado em software.

Os termos dos acordos entre Apple e AT&T são secretos, mas é provável que a operadora de celular tenha pago uma bolada pela exclusividade do iPhone, a fim de atrair novos clientes.

A notícia não provocou nenhum abalo nas ações das duas empresas. Em maio passado, o mesmo blog publicou um boato infundado sobre o atraso no lançamento do iPhone e, em minutos, provocou uma perda de US$ 4 bilhões no valor de mercado da Apple (leia aqui).

 
Apple/Divulgação
Lançado no final de junho pela Apple, o iPhone vem sendo alvo de hackers desde então

Terra Magazine América Latina, Veja a edição em espanhol