Terra Magazine

 

Quarta, 25 de maio de 2011, 15h05 Atualizada às 12h25

Evangélicos ameaçaram ir contra Palocci para coibir kit

Dayanne Sousa

Líder da Frente Parlamentar Evangélica, o deputado João Campos (PSDB-GO) confessa que o apoio ao ministro da Casa Civil, Antonio Palocci, foi usado como moeda de barganha pelos religiosos contra o kit anti-homofobia do Ministério da Educação.

- Nós reunimos, nesta terça-feira (24), a bancada evangélica e a católica, decidimos impor uma série de condições. Se o governo insistisse em manter o kit, bloquearíamos a votação na Câmara e apoiaríamos a convocação do ministro Palocci para dar explicações - relata Campos.

Depois da ameaça das duas bancadas - que somadas têm mais de 90 deputados e 4 senadores - o secretário-geral da Presidência da República, ministro Gilberto Carvalho, convocou os parlamentares e anunciou o recuo do Planalto em relação ao material. "A presidenta Dilma não gostou dos vídeos, achou o material inadequado, e determinou que não circule oficialmente. Estão suspensas todas as produções de materiais que falem dessas questões", disse o ministro.

Uma semana antes, o ministro da Educação, Fernando Haddad, havia anunciado que manteria o kit sem alterações, mesmo com a pressão dos religiosos. Campos avalia que houve uma mudança de posição no Planalto. "É claro que o governo se sentiu ameaçado porque está num momento delicado com Palocci, mas é esse o jogo político. Não quiseram nos ouvir antes, agora ouviram".

A base governista na Câmara havia conseguido anular, na última quarta-feira (18), as tentativas da oposição de convocar o ministro Palocci para depor. Palocci sofre com as revelações de que aumentou seu patrimônio em 20 vezes entre 2006 e 2010. Segundo revelou a Folha de S.Paulo, o faturamento da empresa do ministro, a Projeto, superou R$ 10 milhões entre novembro e dezembro de 2010, quando ele coordenava a equipe de transição de governo.

Veja também:
» Informado sobre suspensão de kit anti-homofobia, Toni Reis pede calma
» Após pressão de religiosos, governo suspende kit anti-homofobia
» MEC diz que 'kit gay' em circulação não é oficial; veja vídeos
» Frente Parlamentar Evangélica quer avaliar "kit gay" do MEC
» MEC prepara kit anti-homofobia e provoca reação
» STF pode equiparar casais gays a casais héteros, diz advogada
» Siga Bob Fernandes no twitter

 

Terra Magazine América Latina, Veja a edição em espanhol