Terra Magazine

 

Segunda, 6 de fevereiro de 2012, 09h10 Atualizada às 10h25

Governadores avaliam que luta de polícias por salário pode se alastrar pelo País

Bob Fernandes


Jaques Wagner, ao lado do general De Nardi e do ministro Cardozo, na Bahia (foto: Manu Dias/Secom/Divulgação)

Nas fotos da entrevista coletiva do governador da Bahia, Jaques Wagner, no sábado (4), ele, no Palácio de Ondina, está ladeado pelo ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, e por um militar. O militar é o general José Carlos de Nardi, que não estava em Salvador apenas num gesto simbólico 48 horas depois da greve e da barbárie comandada por uma facção da Polícia Militar.

O general De Nardi, Chefe do Estado-Maior das Forças Armadas do Brasil, colhe informações para o governo federal. Uma delas diz respeito ao teor do que diversos governadores têm conversado entre si. Conversas sobre o que estaria por trás do movimento grevista da PM, que antes da Bahia já irrompeu no Ceará e Maranhão. E que, avaliam governadores, ameaça se alastrar por outros estados. O Rio de Janeiro e o Espírito Santo seriam os próximos, às vésperas do carnaval.

Na avaliação de governadores, o pano de fundo das manifestações é a PEC 300, como é conhecido o Projeto de Emenda Constitucional que estabelece um piso salarial mínimo para policiais militares e civis e bombeiros de todo o Brasil.

Já aprovada em primeiro turno na Câmara dos Deputados, a PEC 300 estabelece um piso - de início provisório - entre R$ 3,5 e R$ 7 mil. O Maranhão já viveu sua greve da PM, assim como a Bahia na última semana e, na virada do ano, o Ceará do governador Cid Gomes.

Veja também:
» Wagner: "PM armado não pode fazer greve, e não serei refém"
» Prefeito tenta ir a reunião sobre crise e governador da BA diz: "Se precisar, eu chamo"
» Governador da BA nega anistia e diz que grevistas são criminosos
» Com greve da PM, medo esvazia as noites do verão de Salvador
» Na BA, ministro da Justiça pede vagas em presídios para PMs infratores
» Greve da polícia dobra homicídios em 4 dias em Salvador
» Sede de associação de PMs grevistas é lacrada na Bahia
»Greve de PMs: comércio fecha e boatos espalham pânico na BA
» Siga Bob Fernandes no twitter

 

Terra Magazine América Latina, Veja a edição em espanhol