foto: divulgação

O Ultimate Fighting Championship preparou um card espetacular para a centésima quinquagésima sexta edição, que será realizada hoje, em Las Vegas. O cinturão dos pesos penas, atualmente em posse de José Aldo, estará em jogo na luta principal e quatro combates de alto nível compõem a grade televisionada.

Além da disputa do título até 66kg, o evento definirá o próximo desafiante ao cinturão dos pesados se Alistair Overeem sair vitorioso do combate contra Antonio Silva. Quem se encontra na mesma situação é Rashad Evans, que enfrenta Rogério Nogueira com a promessa de disputa imediata contra Anderson Silva nos médios, apesar da luta contra o baiano ser válida pela categoria meio-pesado.

Os grapplers Demian Maia e Jon Fitch buscam a vitória para se aproximarem do topo da divisão até 77kg. O paulista faz a sua terceira apresentação desde quando optou por atuar como meio médio e sonha em finalizar o americano que vem de vitória sobre Erick Silva, naquela que foi a sua melhor performance nos últimos anos.

Joseph Benavidez e Ian McCall estão entre os quatro melhores lutadores até 56,7kg em todo o  mundo. Benavidez disputou o primeiro cinturão dos moscas na história da organização e foi derrotado pelo incrível Demetrious Johnson, que chegou àquela disputa com uma vitória sobre McCall. O vencedor desse confronto ficará próximo de uma revanche contra Mighty Mouse.

Confira, a seguir, uma breve análise sobre o principal embate do UFC 156:

José Aldo vs Frankie Edgar (foto: divulgação/UFC)

O atleta da Nova União é visto como um dos strikers mais perigosos da atualidade. Apesar de ter vindo do jiu-jitsu – arte marcial da qual é faixa preta – Scarface desenvolveu variado arsenal de socos, chutes e joelhadas capazes de definir as lutas em um piscar de olhos.

O americano, por sua vez, possui preparo físico que lhe permite lutar em ritmo acelerado durante vinte e cinco minutos. The Answer estreia como peso pena após ter perdido o cinturão dos leves em duas lutas contra Ben Henderson que ficaram marcadas pelo equilíbrio. Há quem diga que ele foi prejudicado pelas decisões dos árbitros.

José deu ênfase ao preparo físico e o treinador André Pederneiras declarou que seu aluno nunca fez dez rounds tão bem em sua carreira. O manauara acredita que o corte de peso do adversário implicará perda de velocidade, uma das virtudes que fizeram dele um dos melhores competidos até 70kg.

Frankie discorda veementemente e afirma que a mudança de categoria foi favorável no aspecto de condicionamento, já que ele não teve de levantar muito peso para enfrentar adversários maiores e mais fortes. A oportunidade de se tornar o terceiro atleta a conquistar dois cinturões em categorias distintas é a sua maior motivação.

Aldo treinou com Gray Maynard – que faz uma trilogia com Frankie no UFC – para anular o jogo de quedas do desafiante, que por seu turno, preparou-se com Edson Barboza Jr para melhorar a sua técnica de Muay Thai, um dos pontos fortes do brasileiro.

O campeão é o favorito nas casas de aposta para vencer o duelo, e de fato, possui mais armas para finalizar o oponente, já que sua defesa de quedas é excelente e a maior chance de ser derrotado é justamente no solo, onde Frankie é efetivo com a sua técnica de ground and pound (socos e cotoveladas desferidas sobre o rival).

José Aldo terá conter o ímpeto inicial do atleta da Almeida Jiu-Jitsu, que deverá encurtar a distância para tentar derrubá-lo. Ainda que tenha êxito em sua estratégia, dificilmente Frankie Edgar conseguirá manter o faixa preta de costas  no chão na maior parte do tempo de luta.

Aldo Jr é mais contundente em seus golpes e é tão rápido quanto Frankie Edgar. Na luta agarrada o jogo de ambos se equivale e competição queda vs defesa também é equilibrada. Em pé o aluno de Pedro Rizzo é fenomenal e aposta em uma vitória por nocaute logo mais.

Na co-luta principal, Antonio Silva enfrentará o temido Alistair Overeem, o striker mais completo das artes marciais mistas. O paraibano reconhece que a luta no solo é o melhor caminho para a vitória e poderá explorar o longo tempo de afastamento do holandês, que retorna após ter cumprido suspensão por doping.

The Reem demonstra confiança a ponto de soar como uma pessoa arrogante. Ele não tem pudor algum ao se dizer superior em todos os aspectos do combate e garante que Pezão não passará do segundo round. Se Alistair confirmar o favoritismo, disputará o cinturão contra Cain Velasquez.

Rashad Evans foi destaque dos noticiários do MMA nessa semana não pelo combate contra Rogério Nogueira, mas pela possibilidade de baixar de categoria para encarar Anderson Silva. Suga não luta desde abril, quando foi superado por Jon Jones, e agora se divide entre buscar a revanche ou fazer a luta dos sonhos contra o Spider.

Minotouro afiou o wrestling com o treinador de Georges Saint Pierre e com um competidos dos jogos olímpicos de Londres com o objetivo de evitar as quedas de Evans. O atleta da Team Nogueira possui larga experiência no esporte e terá de se apresentar como  nas vitórias sobre Luiz Cané e Tito Ortiz para superar Rashad em pé.

foto: MMA Junkie

Jon Fitch prometeu ser um novo lutador antes da vitória sobre Erick Silva no UFC 153 e cumpriu a promessa ao ter se mostrado mais agressivo no octógono. Sua especialidade é derrubar e controlar a luta sobre o adversário para marcar pontos que quase sempre resultam em vitória por decisão.

Mas manter um pentacampeão mundial de jiu-jitsu no chão pode ser uma estratégia suicida. Fitch só foi finalizado uma vez em sua carreira de vinte e nove lutas, mas se há alguém capaz de forçá-lo a bater três vezes em sinal de desistência, ele atende pelo nome de Demian Maia.

Demian finalizou sete oponentes no Ultimate e é apontado como um dos lutadores mais perigosos na luta agarrada. Ele tem buscado a evolução no MMA e já apresenta melhoria em sua trocação, mas não é segredo para ninguém que a sua preferência é vencer por meio do jiu-jitsu. O vencedor estará automaticamente ranqueado entre os principais nomes da categoria.

O card preliminar será concluído com o confronto entre os pesos leve Gleison Tibau e Evan Dunham. A transmissão do evento será feita pelo canal Combate, a partir das 21h. O início das lutas principais está previsto para 1h da manhã. Confira todas as lutas do UFC 156: ‘Aldo vs Edgar’:

Card principal:

José Aldo vs Frankie Edgar

Alistair Overeem vs Antônio Pezão

Rashad Evans vs Rogério Minotouro

Demian Maia vs Jon Fitch

Joseph Benavidez vs Ian McCall

Card preliminar:

Gleison Tibau vs Evan Dunham

Tyron Woodley vs Jay Hieron

Jacob Volkmann vs Bobby Green

Yves Edward vs Isaac Vallie-Flagg

Chico Camus vs Dustin Kimura

Francisco Rivera vs Edwin Figueroa

Siga o blog Mano a Mano no twitter@EduardoCruzMMA