Natalia, que disse ser noiva de Marrazzo, concede entrevista.

Natalia, que disse ser noiva de Marrazzo, concede entrevista.

Depois do escândalo com Piero Marrazzo, o governador da Lazio-Roma que renunciou em face de um filme de sexo com a transsexual brasileira Natalia, aguarda-se, para as próximas horas, um novo e bombástico vídeo.

O novo vídeo, segundo corre por toda a Itália, mostraria três celebridades mantendo relações íntimas com travestis brasileiros.

Uma das celebridades, comenta-se, seria um político de centro-direita e vice-ministro do conselho presidido pelo premier Silvio Berlsuconi.

A segunda celebridade envolvida também seria um político. Mas, da oposição de centro esquerda.

Quanto ao terceiro vip, fala-se de um jornalista muito conhecido por seus artigos e aparições na televisão.

Enquanto isso, alguns mistérios referentes ao escândalo do ex-governador Marrazzo ainda tiram os sonos dos investigadores.

Por exemplo, os três cheques passados pelo governador aos quatro policiais que invadiram o apartamento de Patrizia e exigiram dele 60 mil euros para silenciar, não foram compensados no banco sacado. E a extorsão ocorreu no final do mês de julho.

Um outro mistério inquientante. Por que  o governador descia do carro oficial cerca de 100 metros de distância do apartamento de Natalia, na via Gradoli, 96 ?

.

festa gay, em reduto da Roma-Norte.

festa gay, em reduto da Roma-Norte.

No percurso, o governadore passava e era saudado por dezenas de travestis, que lhe exibiam os seios. Todos os travestis do local (Roma-Norte) sabiam que Marrano frequentava o reduto e se relacionava com vários trans. Daí a indagação do por que saltar do veículo 100 metros antes, como a evitar fosse visto por transeuntes.

O vídeo de Marrazzo com a transcanarinho Natalia está em segredo de Justiça e a instruir processo criminal por extorsão, com quatro policiais militares presos preventivamente.

Apesar do segredo, os travestis de Roma Norte  que se relacionaram com Marrazzo garantem que nunca havia, nas relações, penetrações. Ou seja, apenas apalpações e masturbações.

–Wálter Fanganiello Maierovitch–